Exploração massiva de ovos põe em risco a maior população de nidificação de tartarugas verdes marinhas na Indonésia

EiersammlerVerkauf von Schildkröteneiern an einem MarktstandAusgestopfte Echte Karettschildkröten angeboten auf Derawan

(Imagens: À esquerda: coletor ovo em Sangalaki. Meio: Ovos de tartaruga vendidos no mercado. À direita: Tartarugas-de-pente embalsamadas ilegais mas abertamente oferecidas em Derawan.)

Problema

No Derawan arquipélago da Indonésia ao largo da costa leste da ilha de Bornéu (província Kalimantan do Leste), até ao ano de 2000 quase todos os ovos da tartaruga verde (Chelonia mydas) foram explorados para consumo humano por coletores de ovos profissionais. Isto resultou na diminuição da população em mais de 91% dentro dos últimos 50 anos. As tartarugas-de-pente (Eretmochelys imbricata), que também ocorrem no Arquipélago Derawan, também se encontram ameaçadas porque são caçadas pela sua carapaça . Todas as espécies de tartarugas marinhas estão protegidas na Indonésia neste momento , mas a aplicação do regulamento é geralmente fraco ou ausente.

Solução: O nosso projecto de proteção no arquipélago de Derawan

Desde a sua fundação em 2000, a Turtle Foundation tem executado um programa de proteção de tartarugas marinhas no arquipélago de Derawan. Atualmente, a Turtle Foundation tem estações de rangers  permanentes em duas ilhas de nidificação importantes de  tartaruga verde, a partir do qual as praias de nidificação podem ser monitorizadas  continuamente. Devido a estas actividades, agora cerca de 50% dos ninhos do arquipélago de Derawan são protegidos  contra a caça furtiva ilegal de ovos. Recentemente (estado: janeiro de 2015) a Turtle Foundation permitiu um início esperançoso para a vida  de cerca de 7,7 milhões de filhotes de tartaruga. Embora este pareça  ser um grande número , a taxa de sobrevivência estimada significa que apenas cerca de um  em mil filhotes irá chegar  até à  maturidade. Uma vez que leva mais de 30 anos para as tartarugas verdes atingirem a maturidade, ainda vai levar bastante  tempo até que as primeiras tartarugas que nasceram dentro do nosso  programa de proteção, retornem à sua ilha de nascimento. Assim, programas de proteção para as tartarugas marinhas como o nosso devem ser planeados  e geridos dentro de uma grande escala de tempo, a fim de garantir o sucesso sustentável.

Assim que um financiamento suficiente seja  assegurado, a Turtle Foundation tenciona alargar o programa de proteção a outras duas ilhas (Belambangan e Sambit) que estão desprotegidas até ao momento. Isto iria aumentar a taxa de ninhos protegidos para mais de 90%, e aumentaria consideravelmente a sobrevivência a longo prazo em perspectiva da população. Além disso, o grande recife de coral próximo de Muaras poderia ser patrulhado por meio de uma nova estação de rangers em Belambangan. Assim, a Turtle Foundation viria a estar mais próxima de um outro  seu objetivo de  projeto, que é a proteção de todos os habitats locais das tartarugas marinhas, incluindo as áreas de alimentação nas pradarias marinhas e recifes de coral, bem como as praias de nidificação. Isso  torna-se mais importante uma vez que surgiu uma ameaça relativamente nova: a caça ilegal em massa e pilhagens por pescadores estrangeiros, o que só pode ser anulado pelo aumento do controle dos habitats marinhos. Aqui, a Turtle Foundation pode fornecer um apoio considerável às autoridades locais por prestação de infra-estrutura (barcos e estações  para rangers  em ilhas desabitadas) e funcionários.

Ranger brechen zur Patrouille aufGrüne Meeresschildkröte auf Rückkehr ins Meer nach der EiablageRanger vergräbt Eier in Hatchery

(Imagens: À esquerda: Ranger em Bilang-Bilangan de partida para uma patrulha de monitoramento das praias. Meio: Como resultado da nossa proteção, esta tartaruga foi capaz de desovar sem ser perturbada . À direita: Ninhos ameaçados por inundações são resgatados pelos nossos rangers em incubadoras)

A protecção dos habitats marinhos não só contribui para  a proteção das tartarugas marinhas, mas beneficiará a conservação de toda a biodiversidade marinha, de que as populações locais dependem. Porque a sua vida depende predominantemente da  pesca, a utilização sustentável dos recursos naturais é equivalente a garantir o sustento para as próximas gerações. Deste modo, a educação ambiental e as relações públicas são de extrema importância para ajudar a comunidade local a apreciar as complexas relações dentro dos ecossistemas marinhos. Além disso, é muito  importante para desenvolver oportunidades alternativas de renda para a população local, incluindo potenciais projetos de ecoturismo.

Finalmente, a Turtle Foundation reconhece que a recolha e publicação de dados científicos é bastante importante para melhorar o conhecimento sobre a vida e a população biologia das tartarugas marinhas no arquipélago de Derawan. Isso iria oferecer novas possibilidades para a criação de programas de conservação bem-sucedidos.

Resumo

  • Início do projeto em 2000
  • A maior colônia de nidificação de tartarugas verde na Indonésia
  • Atividade principal: O monitoramento contínuo de praias de nidificação
  • Actualmente duas das cinco ilhas de nidificação mais importantes estão totalmente protegidas
  • Cerca de 6.000 ninhos são protegidos anualmente contra a caça furtiva de ovos

Objectivos

  • Continuação do programa de monitoramento de praia
  • Inclusão de todas as importantes ilhas de nidificação no nosso programa de proteção
  • A educação ambiental e alternativas de renda para a população local
  • A investigação científica
DOE AGORA
Outras leituras

Descrição do projecto abrangente em formato PDF (1,4 MB); em Inglês

Praias de desova, prados de ervas marinhas e recifes de coral – programa de proteção para tartarugas marinhas (Chelonia mydas, Eretmochelys imbricata) e os seus habitats nas ilhas Derawan em East Kalimantan, na Indonésia
Outras leituras